One of us cannot be wrong

Um de nós não pode estar errado

Acendi uma vela fina e verde, para que você sentisse ciúmes de mim.
Mas os mosquitos simplesmente invadiram o quarto, souberam que meu corpo não tinha dono.
Então peguei as cinzas de uma longa noite sem dormir e as depositei em seu sapatinho.
E então confessei que destruí vestido que você usava para o mundo te olhar.

Mostrei meu coração ao doutor: ele disse pra eu desistir.
Ele anotou uma prescrição, e o seu nome era o que estava nele!
Depois se trancou na prateleira de livros com os detalhes da nossa lua-de-mel,
E a enfermeira me disse que seu quadro piorou e já não pode mais medicar.

Dei ouvidos a um santo que te amou, então estudei toda a noite em sua escola.
Ele ensinou que o dever dos amantes é manchar a regra de ouro.
E quando tive certeza que suas lições eram puras, ele se jogou na piscina.
Seu corpo se foi, mas aqui na relva seu espírito continua falando.

Um Esquimó me mostrou um filme que fez de você esses dias:
O pobre homem mal podia parar de tremer, seus lábios e dedos estavam azuis.
Suponho que ele congelou quando o vento o despiu e aposto que ele nunca mais se esquentou.
Mas você parada tão agradável, em sua tempestade de gelo, por favor me deixe entrar na tormenta

One of Us Cannot Be Wrong

I lit a thin green candle to make you jealous of me,
But the room just filled up with mosquitoes, they heard that my body was free
Then I took the dust of a long sleepless night and I put it in your little shoe
And then I confess that I tortured the dress that you wore for the world to look through

I showed my heart to the doctor. He said I'd just have to quit
Then he wrote himself a prescription, your name was mentioned in it
Then he locked himself in a library shelf with the details of our honeymoon
And I hear from the nurse that he's gotten much worse and his practice is all in a ruin

I heard of a saint who had loved you, I studied all night in his school
He taught that the duty of lovers is to tarnish the golden rule
And just when I was sure that his teachings were pure he drowned himself in the pool
His body is gone but back here on the lawn his spirit continues to drool

An Eskimo showed me a movie he'd recently taken of you
The poor man could hardly stop shivering, his lips and his fingers were blue
I suppose that he froze when the wind tore off your clothes
And I guess he just never got warm, but you stand there so nice in your blizzard of ice
Oh please let me come into the storm