Our Lady of Solitude

Nossa dama de solidão

All summer long she touched me
She gathered in my soul
From many a thorn,
from many thickets
Her fingers, like a weaver's
Quick and cool

And the light came from her body
And the night went through her grace
All summer long she touched me
And I knew her, I knew her
Face to face

And her dress was blue and silver
And her words were few and small
She is the vessel of the whole wide world
Mistress, oh mistress, of us all

Dearly dead; Queen of Solitude
I thank you with my heart
for keeping me so close to thee
while so many, oh so many, stood apart

And the light came from her body
And the night went through her grace
All summer long she touched me
I knew her, I knew her
Face to face

Durante todo o verão ela me tocou
ela se ateve à minha alma
para muitos, um espinho,
para muitos outros, um bosque cerrado
Seus dedos, como teares,
rápidos e calmos

E a luz vinha de seu corpo
e a noite testemunhou sua graça
Durante todo o verão ela me tocou
Eu a conhecia, a conhecia
Cara a cara

Seu vestido era prata e azul
Suas palavras eram curtas e poucas
ela era o refúgio do mundo inteiro
senhora, senhora de todos nós

Cara Dama; Rainha de Solidão
Com meu coração te agradeço
por me manter assim tão perto de ti
Enquanto muitos, muitos outros, ficam de lado

E a luz vinha de seu corpo
e a noite testemunhou sua graça
Durante todo o verão ela me tocou
Eu a conhecia, a conhecia
Cara a cara