Sing Another Song, Boys

Cantem outra canção, rapazes

Let's sing another song, boys,
this one has grown old and bitter

Ah his fingernails, I see they're broken,
his ships they're all on fire.
The moneylender's lovely little daughter
ah, she's eaten, she's eaten with desire.
She spies him through the glasses
from the pawnshops of her wicked father.
She hails him with a microphone
that some poor singer, just like me,
had to leave her.
She tempts him with a clarinet,
she waves a Nazi dagger.
She finds him lying in a heap;
she wants to be his woman.
He says, "Yes, I might go to sleep
but kindly leave, leave the future,
leave it open."

He stands where it is steep,
oh I guess he thinks that
he's the very first one,
his hand upon his leather belt now
like it was the wheel of some
big ocean liner.
And she will learn to touch herself so well
as all the sails burn down like paper.
And he has lit the chain
of his famous cigarillo.
Ah, they'll never, they'll never
ever reach the moon,
at least not the one that we're after;
it's floating broken on the open sea,
look out there, my friends,
and it carries no survivors.
But lets leave these lovers wondering
why they cannot have each other,
and let's sing another song, boys,
this one has grown old and bitter.

“Vamos cantar outra canção, rapazes,
esta envelheceu e ficou amarga”

Ah, suas unhas, vejo que estão quebradas,
seus navios estão todos em chamas.
A adorável filha do agiota
ah, ela é consumida, consumida pelo desejo.
Ela o observa pelas janelas
da loja de penhores de seu inescrupuloso pai.
Ela acena a ele com um microfone
que algum pobre cantor, como eu,
teve que penhorar.
Ela chama sua atenção com um clarinete,
então sacode uma faca nazista.
Ela o encontra descansando em um monte;
ela quer ser sua mulher,
Ele diz: “Eu poderia simplesmente dormir,
mas gentilmente deixe, deixe o futuro,
deixe-o em aberto”.

Ele está em um precipício,
ó, acho que ele pensa ser o
primeiro a ali estar,
com as mãos sobre o cinto de couro
como se fosse o capitão de um
grande transatlântico.
E ela aprenderá a se tocar tão bem
enquanto todos os navios queimam como papel.
Ele acendia seus famosos cigarros
um na brasa do outro.
Ah, eles nunca, eles
nunca alcançarão a lua,
pelo menos não aquela que procuramos;
está quebrado à deriva em mar aberto,
olhem lá, meus amigos,
sem nenhum sobrevivente.
Mas deixemos esses amantes se perguntando
por que um não pode ter o outro,
e vamos cantar outra canção, rapazes
está envelheceu e ficou amarga.