The Stranger Song - A Canção do Visitante

<a href="http://www.youtube.com/watch?v=_NKHyjZzrKY?hl=en"><img src="http://traduzindoleonardcohen.com.br/wp-content/plugins/images/play-tub.png" alt="Play" style="border:0px;" /></a>

It's true that all the men you knew
were dealers

who said they were through with dealing
Every time you gave them shelter
I know that kind of man
It's hard to hold the hand of anyone
who is reaching for the sky just to surrender
who is reaching for the sky just to surrender.

And then sweeping up the jokers that he left behind
you find he did not leave you very much not even laughter
Like any dealer he was watching for the card
that is so high and wild
he'll never need to deal another
He was just some Joseph looking for a manger
He was just some Joseph looking for a manger.

And then leaning on your window sill
he'll say one day you caused his will
to weaken with your love and warmth and shelter
And then taking from his wallet
an old schedule of trains, he'll say
I told you when I came I was a stranger
I told you when I came I was a stranger.

But now another stranger seems
to want you to ignore his dreams
as though they were the burden of some other
O you've seen that man before
his golden arm dispatching cards
but now it's rusted from the elbows to the finger
And he wants to trade the game he plays for shelter
Yes he wants to trade the game he knows for shelter.

Ah you hate to see another tired man
lay down his hand
like he was giving up the holy game of poker
And while he talks his dreams to sleep
you notice there's a highway
that is curling up like smoke above his shoulder
It is curling just like smoke above his shoulder.

You tell him to come in sit down
but something makes you turn around
The door is open you can't close your shelter
You try the handle of the road
It opens do not be afraid
It's you my love, you who are the stranger
It's you my love, you who are the stranger.

Well, I've been waiting, I was sure
we'd meet between the trains we're waiting for
I think it's time to board another
Please understand, I never had a secret chart
to get me to the heart of this
or any other matter
When he talks like this
you don't know what he's after
When he speaks like this,
you don't know what he's after.

Let's meet tomorrow if you choose
upon the shore, beneath the bridge
that they are building on some endless river
Then he leaves the platform
for the sleeping car that's warm
You realize, he's only advertising one more shelter
And it comes to you, he never was a stranger
And you say ok the bridge or someplace later.

And then sweeping up the jokers that he left behind
you find he did not leave you very much not even laughter
Like any dealer he was watching for the card
that is so high and wild
he'll never need to deal another
He was just some Joseph looking for a manger
He was just some Joseph looking for a manger.

And then leaning on your window sill
he'll say one day you caused his will
to weaken with your love and warmth and shelter
And then taking from his wallet
an old schedule of trains, he'll say
I told you when I came I was a stranger
I told you when I came I was a stranger.

I told you when I came I was a stranger.

É verdade que todos os homens que conheceu eram apostadores
que diziam ter abandonado o jogo
a cada vez que lhes dava abrigo
Eu conheço esse tipo de homem
que dificilmente segura na mão de qualquer pessoa
que se dispõe ao céu como oferenda
que se dispõe ao seu como oferenda

E ao varrer os coringas que ele abandonou
você descobre que ele deixou quase nada,
nem mesmo uma risada
Como qualquer jogador, ele esperava pela carta
Tão alta e selvagem
Que jamais terá que esperar por outra
Ele era apenas um José procurando por uma manjedoura
Ele era apenas um José procurando por uma manjedoura

E se inclinando no peitoril da janela
ele dirá que você causou o desejo de
enfraquecer com amor, calor e abrigo
E tirando da carteira
um velho horário de trem, ele irá dizer
Quando cheguei, disse que era um visitante
Quando cheguei, disse que era um visitante

Mas agora outro visitante parece
querer que você ignore seus sonhos
como se eles fossem o fardo de outro alguém
Ó, você já viu esse homem anteriormente
seus braços de ouro distribuindo cartas
agora estão enferrujados do cotovelo aos dedos
Ele quer trocar o jogo que aposta por abrigo
Sim, ele quer trocar o jogo que conhece por abrigo

Ah, você odeia ver outro homem
abaixar as mãos
como se desistisse do sagrado jogo de poker
E quando ele conta seus sonhos para dormir
você percebe que há uma estrada
Curvando-se como fumaça sobre o seu ombro
Curvando-se como fumaça sobre o seu ombro

Você diz para ele se sentar
Mas algo faz você se virar
A porta está aberta, não pode negar abrigo
Você tenta a maçaneta da porta que dá para a rua
Ela abre, não tenha medo
É você, meu amor, você que é a estranha
É você, meu amor, você que é a estranha.

Bem, estive esperando, tinha a certeza
que nos encontraríamos ao esperar o trem
Acho que é hora de embarcar em outro
Por favor, entenda, eu nunca tive um método secreto
que me levasse até o âmago disso
ou a qualquer outro assunto
Quando ele fala assim,
você não sabe qual é o seu desejo
Quando ele fala assim,
você não sabe qual é o seu desejo

Se você preferir, nos encontraremos amanhã
ao longo da orla, abaixo da ponte
construída sobre um rio infinito
Ele deixa a plataforma e vai
ao vagão-leito, que está aquecido
Você sabe que ele só procura mais um abrigo
E então percebe, ele nunca foi um visitante
E você diz ok, a ponte ou algum lugar além dela

E ao varrer os coringas que ele abandonou
você descobre que ele deixou quase nada,
nem mesmo uma risada
Como qualquer jogador, ele esperava pela carta
Tão alta e selvagem
Que jamais terá que esperar por outra
Ele era apenas um José procurando por uma manjedoura
Ele era apenas um José procurando por uma manjedoura

E se inclinando no peitoril da janela
ele dirá que você causou o desejo de
enfraquecer com amor, calor e abrigo
E tirando da carteira
um velho horário de trem, ele irá dizer
Quando cheguei, disse que era um visitante
Quando cheguei, disse que era um visitante

Eu disse quando vim que era um visitante.