You Have Loved Enough

Você amou o bastante

I said I'd be your lover.
You laughed at what I said.
I lost my job forever.
I was counted with the dead.

I swept the marble chambers,
But you sent me down below.
You kept me from believing
Until you let me know:

That I am not the one who loves -
It's love that seizes me.
When hatred with his package comes,
You forbid delivery.

And when the hunger for your touch
Rises from the hunger,
You whisper, "You have loved enough,
Now let me be the Lover."

I swept the marble chambers,
But you sent me down below.
You kept me from believing
Until you let me know:

That I am not the one who loves -
It's love that chooses me.
When hatred with his package comes,
You forbid delivery.

And when the hunger for your touch
Rises from the hunger . . .

Afirmei que fui seu amante
Você riu do que eu disse.
Perdi meu emprego pra sempre.
Meu nome estava no obituário.

Varri a sala de mármore,
mas você me mandou pra baixo.
Você não me deixou acreditar
até quando permitiu-me saber:

Que eu não sou aquele que ama –
é o amor que me escolhe.
Quando o pacote de ódio chega,
você proíbe a entrega.

Quando a vontade do seu toque
surge da vontade,
você suspira, “Você amou o bastante,
agora me deixe ser o amante”.

Varri a sala de mármore,
mas você me mandou pra baixo.
Você não me deixou acreditar
até quando permitiu-me saber:

Que eu não sou aquele que ama –
é o amor que me escolhe.
Quando o pacote de ódio chega,
você proíbe a entrega.

Quando a vontade do seu toque
surge da vontade...